19/05/2020

CAROLL BONDER E A RESSIGNIFICAÇÃO

Jóias contando histórias e promovendo mudanças

A Caroll Bonder, diretora de marketing da joalheria Dassa Dana, também participou da nossa maratona do Empreendedorismo Sustentável. Antes de ser uma excelente profissional, a Caroll é minha amiga pessoal. Conheço a Caroll o suficiente para saber ela conversa exatamente com o que sempre falamos por aqui: essência. A Caroll tem trazido iniciativas lindas para a marca porque tem essa essência dentro dela, essa vontade de ajudar, inovar e fazer a diferença.

Nossa conversa abordou assuntos muito importantes e relevantes para serem colocados em pauta, como:


Durabilidade

Quando falamos em sustentabilidade, essa palavra é de extrema importância. Muitas vezes quando você achar algum produto caro em comparação a outro esteticamente parecido, mas com a metade do preço, vale a pergunta: quanto tempo vai durar? Quando vou precisar comprar outro? A joia tem a vantagem de ser pra vida toda. Ela não estraga e pode ser modificada quantas vezes for preciso. 


Slow Selling

Falamos muito sobre a importância de criações atemporais, ou seja, que não se tornem obsoletas rapidamente. Se falarmos da tradução propriamente dita, “slow selling”  é uma venda lenta. 

Sabe quando surge uma tendência que todo mundo quer ter, seja um tênis da moda, um acessório, e logo depois passa e ninguém mais quer usar? O objetivo do slow selling é justamente o oposto e é a partir dele que a Dassa Dana busca moldar suas joias. Como a Caroll disse, eles querem mais é que a joia seja atemporal e acumule cada vez mais histórias e momentos de uso. 


Fundo Social Dassa Dana

Em meio a um momento pandêmico, buscamos força. A Caroll, que sempre teve muita fé, falou da importância para ela da fé e da crença em uma força maior para superar e vencer esse momento difícil. 

Foi com esse pensamento que a Dassa Dana lançou a coleção Pray, que em inglês significa “rezar”. Porém, quiseram que essa força representada pela coleção fosse além. Criaram, assim, o fundo Dassa Dana, onde parte das vendas da coleção Pray é destinada ao Instituto Transformar que ajuda comunidades carentes e fazem tb doação de alimentos e máscaras para um asilo em Santa Cruz, o “Nosso Lar”. 

A Caroll disse: “Conseguir, além de sustentar sua empresa com a criação de uma coleção nesse momento difícil, ajudar tantas outras pessoas, isso não tem preço.


Ressignificar

A joalheria trabalha com a transformação de joias. Você pode comprar uma joia Dassa Dana e depois ter alguma ideia para transformar essa peça. A joalheria transforma para você. Ou seja, a partir de uma peça você pode vir a ter diversas joias derivadas dessa primeira compra.


É bom vermos iniciativas criativas e sustentáveis nos mais diversos empreendimentos para entendermos que a sustentabilidade incorporada nos negócios não tem um único núcleo de atuação. Isso pode acontecer em qualquer esfera. 

Basta querer e trabalhar muito para, assim, colocar as ideias em prática. 


Por Isabela Rozental